Reserva
Surf e Sustentabilidade

Os 3 erros mais comuns dos iniciantes no surf

Ricardo Gonçalves
28 de Junho 2022
Os 3 erros mais comuns dos iniciantes no surf

O surf devido a vários fatores pode ser uma modalidade em que a evolução demora muito tempo. Esse fator, pode levar a frustração e até que se desista da modalidade.

A evolução lenta na prática do Surf deve-se acima de tudo a fatores (variáveis) incontornáveis da natureza como:

Tamanho das ondas – às vezes grandes demais, outras vezes pequenas demais.

Marés – muito vazia as ondas fecham geralmente muito rapidamente enquanto na maré cheia rebentam demasiado perto da areia.

Luz do dia – a impossibilidade de ao contrário de outros desportos recorrermos à luz artificial limita e muito o número de horas disponíveis para este desporto.

Praia da Rocha, Portimão

Se, como acontece em tantos outros desportos, pudéssemos repetir várias vezes uma mesma técnica, poderíamos otimizar esta e rapidamente aperfeiçoá-la assistindo a uma rápida evolução na nossa performance.

No entanto, este não é o caso do surf onde nunca irás encontrar duas ondas exatamente iguais.

Ainda assim, algumas dicas podem fazer com que evites os erros mais comuns:

Material errado

Se queres progredir rapidamente terás de ser paciente e passo a passo ires passando de uma prancha para outra. Este processo, permite chegar àquela pranchinha igual à dos “prós” mas para a qual não estás ainda preparado.

Este processo poderá ser dispendioso pelo que poderás comprar e depois venderes pranchas usadas, alugar a um preço especial numa surf shop perto de ti ou investires numa escola local que te vá permitindo trocar de prancha à medida que vais evoluindo.

Praia errada

Aqui podes poupar imenso tempo, dinheiro e energia. Numa fase inicial deverás contentar-te com uma praia que tem para entregar o que tu mais precisas. Condições como, ondas mais fáceis e com menos perigos aparentes, como sejam rochas, agueiros fortes ou muitos praticantes na água.

Hora errada

Se não consultares corretamente a tabela de marés corres o risco de passar ao lado de uma grande surfada. Pois, muitas vezes somente num período de 3 a 4 horas a maré estará de feição na praia por ti escolhida.

Praia da Rocha, Portimão

Investir no conhecimento da praia onde irás surfar com mais frequência irá garantir aquelas “happy hours”, assim aconselhamos-te:

  • Falar com surfistas locais mais experientes. 
  • Aprender a ler uma app de previsão de ondas como a plataforma Windguru.

Quando acertares na prancha, praia e hora certa irás entrar num ciclo de evolução gratificante que vai elevar a tua performance e confiança.

Até lá não desesperes e continua a fazer o teu “trabalho de casa” e entende esta fase como uma triagem para filtrar aqueles que realmente superam as adversidades próprias da modalidade e se irão tornar surfistas à séria.

Aceita o desafio e vemo-nos no pico!

Partilhar